Blog Shri Yoga Devi
Bem vindos!!!
www.shri-yoga-devi.org
 
Postagens do Blog
+ 2013 / 1º semestre
+ 2012 / 2º semestre
+ 2012 / 1º semestre
+ 2011 / 2º semestre
+ 2011 / 1º semestre
+ 2010 / 2º semestre 
+ 2010 / 1º semestre
+ 2009 / 2º semestre
 
EU SOU
Flávia Bianchini
Satyananda Svarupini (Flávia). Sou Instrutora de Kundalini Yoga e Artista Plástica. Coordeno o espaço Shri Yoga Devi onde ministro aulas de Yoga. Veja o site: www.shri-yoga-devi.org

Maha Devi
"Do meu Poder tudo brota,
Por meu Poder tudo se sustenta,
Por meu Poder tudo se dissolve.
Eu sou este Brahman sem dualidades."
Kaivalya Upanisad
NETI - Limpeza Nasal

Este texto foi extraído do livro “O livro de Yoga completo e ilustrado” de Swami Vishnudevananda ed. Mosca, pp. 33-36.  

(Nota: No texto é realizada a descrição da técnica de limpeza com a utilização de um fio, mas esta técnica pode ser realizada com agua – JalaNeti)

 lota 

Neti é a limpeza da passagem nasal do sistema respiratório. O nariz e a faringe estabelecem conexão entre o sistema respiratório e o exterior. Uma parte da faringe é comum aos sistemas respiratório e digestivo.

O sistema respiratório consiste na laringe, traquéia, brônquios e pulmões. Sua função é permitir que o ar entre em contato próximo com o sangue que circula para que as trocas gasosas possam acontecer.

Quando inspiramos ar, também inspiramos partículas de pó e germes. Para evitar que esses elementos estranhos entrem nos pulmões, a natureza projetou um sistema de filtros. Nas narinas, primeiro os pêlos mais grossos filtram as partículas de pó grandes e evitam que elas entrem nos pulmões. Em segundo lugar, a membrana mucosa é ciliada e os cílios removem partículas e germes do ar à medida que ele passa.

Neti limpeza nasal

Os cílios atuam juntos para remover fluidos ou partículas que entram em contato com a superfície ciliada. O ar é aquecido e umedecido quando passa na cavidade nasal e entra em contato com a membrana mucosa.

A mais importante das estruturas do nariz, do ponto de vista da prevenção de doenças, é a membrana ou tecido mucoso que reveste as cavidades. É um dos tecidos mais sensíveis no corpo e, quando sofre algum ferimento de qualquer tipo, pode causar consideráveis problemas. É comum que ocorram infecções menores, particularmente nos folículos dos pêlos ou na raiz dos pêlos no nariz.

Hoje em dia, geralmente se sabe que os germes comuns que provocam pus, tais como o estafilococo e o estreptococo, estão muito difundidos e entram facilmente no corpo humano sempre que entram em contato com um tecido que estiver danificado. Eles podem provocar uma infecção que, em certos casos, pode se espalhar para todo o corpo.

   neti

Para ajudar a natureza a limpar tais corpos estranhos na passagem nasal e na membrana mucosa, os yoguis utilizam um cordão, água e ar. Esses elementos não apenas removem os corpos estranhos como evitam que se peguem resfriados e mantêm o nervo olfativo em condições saudáveis.

Antes de entrar na técnica propriamente dita, uma breve descrição da estrutura da passagem nasal e da faringe ajudarão o estudante a praticar esta limpeza de forma científica. Embora o nariz e a faringe na verdade não façam parte do sistema respiratório propriamente dito, eles serão analisados por uma questão de conveniência.

A faringe se divide em várias partes; algumas delas são comuns aos sistemas digestivo e respiratório. A laringe, além de ser uma passagem para o ar, é usada para a produção da voz. Assim, muitos órgãos que cumprem uma função na respiração realizam também outras funções.

   neti

A cavidade nasal é dividida em duas fossas nasais pelo septo nasal. A parte superior da cavidade nasal é composta principalmente pela lâmina crivosa do osso etmóide. A parte inferior é composta pelos processos palatais dos maxilares e os processos horizontais do osso palatal. As paredes da cavidade nasal estão cobertas pelo periósteo e pela membrana mucosa.

A seguir, o elemento mais importante a ser observado aqui durante o processo de limpeza é a faringe. A faringe é comum aos sistemas respiratório e digestivo em uma parte de sua extensão. É uma passagem tubular vertical que se estende da base do crânio, acima, até o início do esôfago, abaixo. Anteriormente, comunica-se com a cavidade nasal; abaixo dela, com a cavidade oral e, abaixo desta, com a cavidade laríngea.

A comunicação entre a cavidade nasal e a cavidade oral da faringe ajuda a limpar essa parte com um pedaço de cordão especial.

meditação externa

Swami Vishnudevananda realizando Sutra Neti

A metade do cordão é suficientemente rígida para poder empurrá-lo através da cavidade nasal até tocar a raiz da garganta. Com a ajuda dos dedos, o cordão é puxado para fora da boca. À medida que ele sai pela passagem nasal, faringe e boca, a outra metade do cordão é suficientemente macia para absorver e limpar várias partículas estranhas acumuladas em seu caminho. Isso é chamado de neti do cordão, ou técnica de limpeza do cordão.

Se não for possível conseguir esse cordão especial, então pode ser usado um cateter de borracha, facilmente encontrado em qualquer farmácia. O cordão, ou o cateter, precisa ser esterilizado antes do uso e ser totalmente limpo posteriormente. O cordão deve ser mergulhado em água morna com sal antes da inserção.

Pegue a parte mais rígida do cordão primeiro e dobre-a com um formato côncavo; usando o dedo indicador e o polegar, insira o cordão primeiro na narina direita, alguns centímetros para dentro, a seguir retire-o e insira-o da mesma maneira na narina esquerda.

É comum espirrar violentamente nos primeiros dias, mas gradualmente isso passará à medida que o praticante for progredindo.

   limpeza nasal

Será mais fácil inserir o cordão o mais longe possível em direção à garganta. Quando se sente que a corda está na raiz da língua, com o dedo indicador e o polegar puxe a extremidade através da boca e traga-a para fora até que toda a corda tenha passado pela narina. Alguns dias de prática, com o auxílio de um professor, aperfeiçoarão essa técnica.

Há outro método fácil para limpar as narinas que pode ser praticado sem dificuldade alguma. Isso é feito com água morna com sal. A um copo de água morna, adicione uma colher de chá de sal comum e misture bem. Com o uso de uma ducha nasal, que pode ser encontrada em qualquer farmácia, despeje uma pequena porção da água com sal através de uma narina, fechando a outra com o polegar. Levante a cabeça e deixe a água escorrer pela garganta e sair pela boca. Não tente inspirar a água, pois isso provoca uma sensação desagradável.

Apenas deixe que ela escorra para a boca naturalmente mantendo a cabeça erguida, e então cuspa a água.

Nesse ponto, uma pequena quantidade de água permanecerá na passagem nasal, e deve ser expulsa imediatamente com uma expiração forçada. Esse processo deve ser repetido três vezes em cada narina.

lota

LOTA DE METAL

Ao praticar isso, podemos eliminar a doença mais habitual: o resfriado comum. A respiração se torna mais fácil, portanto é preferível fazer os exercícios respiratórios após essa limpeza. Além de remover substâncias estranhas da passagem nasal e da garganta, essa técnica também ajuda a fortalecer os olhos, pois há uma estimulação dos vasos sangüíneos dos olhos e do nariz.

 lala neti

LOTA DE CERÂMICA

separador


Espaço de yoga Shri Yoga Devi
Campina Grande, Paraíba
http://www.shri-yoga-devi.org/