Blog Shri Yoga Devi
Bem vindos!!!
www.shri-yoga-devi.org
 
Postagens do Blog
+ 2013 / 1º semestre
+ 2012 / 2º semestre
+ 2012 / 1º semestre
+ 2011 / 2º semestre
+ 2011 / 1º semestre
+ 2010 / 2º semestre 
+ 2010 / 1º semestre
+ 2009 / 2º semestre
 
EU SOU
Flávia Bianchini
Satyananda Svarupini (Flávia). Sou Instrutora de Kundalini Yoga e Artista Plástica. Coordeno o espaço Shri Yoga Devi onde ministro aulas de Yoga. Veja o site:
www.shri-yoga-devi.org


Maha Devi
"Do meu Poder tudo brota,
Por meu Poder tudo se sustenta,
Por meu Poder tudo se dissolve.
Eu sou este Brahman sem dualidades."
Kaivalya Upanisad
Texto do mês
AVADHUTA GITA
O cântico do renunciante que foi varrido para longe

Todo mês estamos adicionando novos textos para leitura na biblioteca do site Shri Yoga Devi

Neste mês, colocamos à disposição dos nossos leitores uma tradução para o espanhol do Avadhuta Gita, atribuído a Dattatreya. É um texto que descreve o estado do renunciante (sannyasi) que atingiu um estado que ultrapassa as limitações do ego.

Avadhuta Gita, de Dattatreya

"Avadhuta" é uma palavra sânscrita que se refere a um místico ou renunciante (sannyasi) que ultrapassou a consciência egóica, a dualidade e as preocupações mundanas comuns, e que age de forma livre, sem se preocupar com as normas sociais. Ele está além das distinções usuais, entre os caminhos da mão direita (dakshinamarga) e da mão esquerda (vamachara), na tradição tântrica. Ele já não precisa obedecer a regras e rituais, embora possa continuar a segui-los.

Esse nome pode ser decomposto em ava+dhuta. "Ava" significa para fora, para longe; "dhuta" significa sacudir, varrer, remover, destruir. Assim, "avadhuta" significa aquele que que foi varrido para longe (das impurezas, das preocupações com o mundo, da sua personalidade). 

Um avadhuta já não se identifica com seu corpo, sua memória, sua mente, ou qualquer coisa individual. Considera-se que um avadhuta é uma consciência pura (caitanya) sob forma humana. Muitas vezes os avadhutas possuem comportamento "louco" ou excêntrico, podendo caminhar nus - ou "vestidos de luz" (digambara). No entanto, a aparência externa não  permite identificar um avadhuta. Ele pode também ter um comportamento social "normal" e vestir-se como um príncipe.

Um avadhuta diante de um príncipe

Os avadhutas possuem um importante papel na história de diversas tradições indianas, como Yoga, Vedanta e Budismo. Possuem especial importância dentro da tradição Natha (Nath sampradaya), fundada por Matsyendranath e desenvolvida por Gorakshanath. Essa é a tradição na qual se originou o Hatha Yoga clássico, com textos fundamentais como Goraksha Shataka, Hatha Yoga Pradipika e Gheranda Samhita. Dentro dessa tradição, Gorakshanath é considerado o supremo avadhuta. Por isso, o mais importante livro reverenciado na tradição Nath é o Avadhuta Gita, que descreve o estado atingido pelo avadhuta. 

Esta obra é tradicionalmente atribuída a Dattatreya (um avatar divino), mas possivelmente foi composta por um avadhuta que tinha o mesmo nome do avatar, tendo sido registrada por seus discípulos Swami e Kartika. Existe também a Avadhuta Upanishad, que faz parte da coleção de 108 upanishads tradicionais, sendo uma das Upanishads Sannyasa (dos renunciantes). Há uma forte relação entre essa upanishad e o Avadhuta Gita. 

A tradução para o espanhol que estamos disponibilizando pode ser encontrada em vários sites, sem indicação do nome do tradutor. É uma tradução feita a partir da versão do texto para o inglês, por Swami Abhayananda, como se pode verificar pela introdução. 

http://www.shri-yoga-devi.org/textos.html


Espaço de yoga Shri Yoga Devi
Campina Grande, Paraíba
http://www.shri-yoga-devi.org/